Fabrizio Prado

Do clássico ao improvável: desafios no diagnóstico de AVC

Do clássico ao improvável: desafios no diagnóstico de AVC

8 minutos Autor: Dr. Gabriel Braga   O Acidente Vascular Cerebral, ou AVC, pode ser reconhecido sem grandes dificuldades quando estamos frente a um paciente com um sintoma neurológico focal negativo (perda de função), de instalação súbita e persistente. Nesses casos, o diagnóstico de AVC é direto – ainda bem, já que se trata de uma doença com tratamento tempo-dependente, na qual cada minuto custa literalmente 2 milhões de neurônios! O diagnóstico das apresentações clássicas, em geral, não é um grande desafio. Ainda, o Continue lendo

DESAFIO: Faça o diagnóstico! Caso clínico interativo #01

DESAFIO: Faça o diagnóstico! Caso clínico interativo #01

3 minutos Estamos trazendo uma proposta diferente: um caso clínico interativo! Abaixo, apresentamos um caso clínico e vocês, leitores do blog, poderão levantar suas hipóteses diagnósticas e sugerir exames complementares para investigação! Na semana seguinte à publicação do caso clínico, traremos quais foram as respostas mais frequentes dos leitores, bem como o diagnóstico final do caso clínico interativo com os nossos comentários. Os leitores que derem as melhores respostas para este caso serão imortalizados no nosso Hall da Fama do Raciocínio Clínico!   * Continue lendo

Prática deliberada: O segredo de Ayrton Senna e dos Beatles pode ser seu

Prática deliberada: O segredo de Ayrton Senna e dos Beatles pode ser seu

13 minutos A prática deliberada é um dos principais segredos para a excelência e o sucesso em qualquer profissão, mas você realmente entende o que significa esse conceito? Para entendê-lo, vamos usar o exemplo de um dos maiores heróis brasileiros: Ayrton Senna da Silva. Ele animava nossas manhãs de domingo. Acordávamos de madrugada para assistir à Fórmula 1, torcíamos, nos emocionávamos, e com frequência vinha a recompensa: o tema da vitória! Sua perícia era incomparável, principalmente pilotando na chuva – isso porque, quando ainda Continue lendo

256 tons de cinza: Erros em Radiologia

256 tons de cinza: Erros em Radiologia

10 minutos O diagnóstico por imagem é um apoio cada vez mais presente no diagnóstico em Medicina, por isso é fundamental aprender a utilizar melhor os exames radiológicos. Analise o caso abaixo e depois acompanhe a discussão para conhecer as principais causas de erros em Radiologia. Ao final, apresentamos algumas dicas valiosas para ajudar você a utilizar melhor os exames de imagem!   Caso clínico Um homem idoso é admitido no pronto-socorro com sepse e insuficiência respiratória e é rapidamente intubado. O médico pergunta Continue lendo

Você sabe ouvir o paciente? A arte da anamnese

Você sabe ouvir o paciente? A arte da anamnese

13 minutos Recentemente, fui chamado para avaliar um paciente hospitalizado por piora da função renal e diminuição do débito urinário. Era um senhor dos seus 60 anos, conversador, mas com uma face sofrida. Ansioso, logo que me apresentei já respondeu que precisava de ajuda, pois não estava bem e não estavam fazendo nada por ele. O olhar suplicante e humilde desse senhor me chamou a atenção e pus-me a ouvir o paciente um pouco. Logo fiquei sabendo que havia sido submetido a 4 cirurgias Continue lendo

Caso clínico 1: Quem vê cara, não vê pulmão

Caso clínico 1: Quem vê cara, não vê pulmão

13 minutos Não é possível aprender o raciocínio clínico apenas com teoria. Atender pacientes e discutir casos são as maneiras práticas de aprender a pensar como médico. Por isso, uma das propostas deste blog é trazer todos os meses uma discussão de caso clínico, da nossa experiência ou da literatura. Para que as discussões de casos sejam melhor aproveitadas, uma das dicas que se costuma dar é a de pensar em voz alta. Isso significa aprendermos a refletir e expressar como estamos pensando. O Continue lendo

[Infográfico] Alguns dados sobre erros diagnósticos que vão te surpreender

[Infográfico] Alguns dados sobre erros diagnósticos que vão te surpreender

menos de 1 minuto Erros diagnósticos, definidos como qualquer diagnóstico errado, indevidamente atrasado, ou perdido (não realizado), são um problema social relevante. Estima-se que, em média, de 10 a 15% dos diagnósticos realizados por médicos em geral são diagnósticos errados. Os erros diagnósticos acabam contribuindo para aumentar o risco de complicações para o paciente, bem como para aumentar os custos para os sistemas de saúde. Abaixo, compilamos vários dados sobre erros diagnósticos, a partir de diversas fontes da literatura, para ilustrar a real dimensão do Continue lendo