Casos

Casos clínicos comentados.

Caso clínico 9: O médico parente

Caso clínico 9: O médico parente

10 minutos Será que pode haver alguma diferença na qualidade do cuidado prestado a algum paciente quando o médico é seu parente?… Veja o caso clínico abaixo, que ilustra essa situação:     O médico parente Todo médico já esteve nesta posição: tendo que dar opinião, apoio ou cuidado médico a algum familiar ou amigo próximo. Muitos códigos de ética, mundo afora, desaconselham essa prática. Já em 1847, os fundadores da Associação Médica Americana (AMA) escreveram que “a ansiedade natural e a solicitude que Continue lendo

Resposta do Caso Clínico Interativo #03

Resposta do Caso Clínico Interativo #03

12 minutos Tivemos 51 respostas enviadas por leitores do blog para o nosso Caso Clínico Interativo #03, publicado na semana passada! As principais hipóteses diagnósticas enviadas pelos nossos leitores foram as seguintes: Confira abaixo o diagnóstico final do Caso Clínico Interativo #03, e os comentários sobre o caso!   Resposta do Caso No começo da internação, foram colhidas diversas sorologias (hepatite B e C, HIV, sífilis, herpes, mononucleose, citomegalovirose, toxoplasmose), que resultaram todas negativas. Devido à hepatomegalia e à alteração de transaminases, foram solicitados outros Continue lendo

Faça o diagnóstico! Caso Clínico Interativo #03

Faça o diagnóstico! Caso Clínico Interativo #03

3 minutos Você é bom de diagnóstico? Gosta de um desafio? Então esta é a sua chance! Leia o nosso Caso Clínico Interativo #03. Formule as suas hipóteses, pense como você gostaria de investigar este caso, e mande suas ideias para a gente no questionário que está logo abaixo! * Caso enviado pelo Dr. Luiz Jorge Moreira Neto, de Maringá/PR.   Caso Clínico Interativo #03 Um homem de 68 anos, trabalhador rural, procurou o infectologista por estar há cinco dias com febre de até 38ºC, Continue lendo

Problemas cabeludos em medicina: wicked problems

Problemas cabeludos em medicina: wicked problems

11 minutos Você acha que diagnosticar é fácil? Que nada! Na vida real, encontramos muitas situações complexas, para as nem sempre há soluções completas ou perfeitas. Segue um exemplo:     Estranho, não? Você deve estar pensando: “O que será que ela tem? O hematologista pensou em PTT e pediu plasmaférese, mas e esses outros dados que surgiram depois? Como encaixá-los no resto da história? Que caso bagunçado e mal escrito…” Pois é, desta vez trouxemos um caso descrito de uma maneira mais parecida Continue lendo

Erro médico por procuração: riscos do currículo paralelo

Erro médico por procuração: riscos do currículo paralelo

6 minutos A história que vou contar é totalmente verdadeira e pode acontecer com qualquer estudante de Medicina desavisado e explorado, na sua ingenuidade, por médicos irresponsáveis e inescrupulosos. Explico melhor. Todos sabem que cursos de Medicina, desde sempre, carecem dos chamados “cenários de práticas”, onde estudantes podem aprender, supervisionados por profissionais qualificados. É também sabido que estudantes de Medicina, na ânsia de aprender, procuram “estágios”, nem sempre supervisionados, onde podem realizar procedimentos que jamais fariam na sua faculdade, por falta de condições ou Continue lendo

Caso clínico 8: A pior cefaleia da vida

Caso clínico 8: A pior cefaleia da vida

11 minutos   No post de hoje, falaremos sobre o diagnóstico de cefaleia, e em especial sobre a hemorragia subaracnoide (HSA). Confira: As 3 principais razões para deixar passar uma HSA; Uma lista de causas de cefaleias que você não pode esquecer; BÔNUS! Uma regrinha que não te deixará mandar para casa ninguém com HSA.   Diagnóstico de cefaleia (e de HSA) As cefaleias correspondem a 4% das consultas ambulatoriais e 2% dos atendimentos de pronto-socorro. Menos de 1% dessa população terá HSA. Além Continue lendo

Caso clínico 7: Um diagnóstico obscuro

Caso clínico 7: Um diagnóstico obscuro

9 minutos   Comentário Não há como fugir desta verdade: uma história clínica bem feita é o primeiro passo na direção do diagnóstico correto. O Dr. Wilson Sanvito já afirmou que “a anamnese é o exame mais sofisticado da Medicina”. Existem centenas de causas possíveis para perda de peso involuntária em adultos. Neoplasias, doenças do trato gastrointestinal e distúrbios psiquiátricos ou psicossociais são as mais comuns. Aqui, no entanto, uma conversa e um exame físico minuciosos revelaram dados importantes: hipotensão e taquicardia posturais, hiperpigmentação Continue lendo