Educação

4 dicas imperdíveis (e 2 roteiros) para uma boa anamnese

4 dicas imperdíveis (e 2 roteiros) para uma boa anamnese

7 minutos Dá para fazer omelete sem ovos? Claro que não! Da mesma maneira, é impossível desenvolver um bom raciocínio diagnóstico sem uma história clínica e um exame físico adequados. Colher informações acuradas e completas do paciente é o primeiro passo em direção ao diagnóstico e tratamento corretos. Uma boa coleta de dados do paciente, como já vimos, é um dos três pilares do diagnóstico correto, junto com o conhecimento das doenças e o raciocínio clínico apropriado. (Leia nosso post anterior sobre os três pilares Continue lendo

Raciocínio clínico: A pedra angular da Medicina

Raciocínio clínico: A pedra angular da Medicina

8 minutos Qual a real importância do raciocínio clínico? Já parou para pensar nisso? Onde ele se encaixa na sua vida de médico ou estudante? Para nós, o raciocínio clínico é o verdadeiro núcleo da formação e da atuação do médico. É no raciocínio clínico (diagnóstico ou terapêutico) que se dá a fusão de todos os conhecimentos e competências médicas! Ele não só é o fio condutor das ações do médico como também define sua própria identidade. Qualquer um pode adquirir os conhecimentos biológicos Continue lendo

ESPECIAL: Como aproveitar ao máximo o internato médico

ESPECIAL: Como aproveitar ao máximo o internato médico

10 minutos “Ó vós, que adentrais, abandonai toda a esperança.” (Dante Alighieri – A Divina Comédia, Canto 3: Inferno)   Para muitos estudantes de Medicina, esta é a época em que se inicia um período muito esperado: o internato médico. Por anos, aguardam sua chegada para, enfim, começarem a ser médicos de verdade; mas quando se aproximam do internato, surge muito medo e ansiedade.   BÔNUS!!! Leia também as nossas 12 superdicas para se dar bem no internato!

12 superdicas para se dar bem no internato médico

12 superdicas para se dar bem no internato médico

2 minutos Vai entrar no internato médico agora? Está ansioso? Assustado? Não sabe se vai dar conta? É assim mesmo. Todo mundo passa por isso para tornar-se médico. Para ajudar você, compilamos esta lista de superdicas, dadas por quem já passou pelo internato – e sobreviveu! Confira: