Diversos

COVID-19 e erros diagnósticos: duas epidemias em uma

COVID-19 e erros diagnósticos: duas epidemias em uma

10 minutos Eu trabalho em um hospital que é referência para COVID-19. Conversando com colegas, ouço sempre a mesma reclamação: muitos pacientes estão sendo encaminhados para cá como COVID-19 – sem ter COVID-19. Parece ter virado rotina no pronto-socorro. Em muitos desses casos (se não a maioria), basta uma rápida avaliação clínica para descobrir que seus sintomas respiratórios têm outras causas: insuficiência cardíaca descompensada, crise de asma, pneumonia lobar etc. Uma senhora idosa com Alzheimer avançado engasgou ao comer e evoluiu com hipóxia: veio Continue lendo

Webcaso #2: Uma doença misteriosa

Webcaso #2: Uma doença misteriosa

1 minuto Semana nova, caso novo! Abaixo, apresentamos o início do Webcaso desta semana. Leia, reflita e depois clique no botão mais embaixo para acessar o questionário e enviar suas hipóteses diagnósticas. A continuação do caso com a resposta final será apresentada pelo Dr. Fabrizio Prado em uma live na próxima quinta-feira, 23 de abril, às 19h30. Após a live, o vídeo da discussão, contendo os comentários e a resposta final do caso, ficará disponível nesta página (já está disponível – veja abaixo!).   Continue lendo

Webcaso #1: Continuação e diagnóstico

Webcaso #1: Continuação e diagnóstico

2 minutos Confira aqui a continuação do nosso Webcaso #1: Uma dor que não passa. Recebemos 46 respostas de todos os cantos do Brasil. As hipóteses enviadas por nossos leitores estão representadas na nuvem de palavras (word cloud) abaixo:     Caso interessante, não é mesmo? O hipocôndrio esquerdo não é uma região de dor muito típica. Se a dor fosse, por exemplo, em hipocôndrio direito, com certeza pensaríamos numa colecistite aguda. Também chama a atenção o fato de que a dor é aguda, Continue lendo

COVID-19: Diagnóstico clínico e laboratorial

COVID-19: Diagnóstico clínico e laboratorial

2 minutos Nós, do Raciocínio Clínico, geralmente não publicamos textos sobre uma única doença. Preferimos discutir as armadilhas no diagnóstico de alguma síndrome ou o diagnóstico diferencial de algum caso difícil ou ilustrativo. Mas, nesta semana, ninguém fala de outra coisa! Então, vamos tentar dar nossa modesta contribuição ao estudo da doença do momento: a COVID-19, causada pelo novo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2). (É, a nomenclatura correta é essa mesma!) Para isso, convidamos alguém que entende do assunto: nosso amigo Continue lendo

Atitude: o quarto pilar do diagnóstico (e talvez o mais importante)

Atitude: o quarto pilar do diagnóstico (e talvez o mais importante)

9 minutos Plena pandemia, pessoas tendendo ao pânico, histeria coletiva. Neste momento de crise, eu vejo com nitidez os colegas médicos e profissionais de saúde dividirem-se em dois grandes grupos. Um grupo é o que diz: – Eu é que não vou pegar isso aí! Vou me isolar na casa de praia, ficar longe de tudo isso até tudo acabar. Outro grupo é o que fala assim: – Meu Deus, como é que vamos dar conta de dar atendimento adequado a tanta gente doente Continue lendo

Um diagnóstico sobre quatro rodas

Um diagnóstico sobre quatro rodas

3 minutos Já falamos muito neste site sobre como os médicos fazem diagnósticos. Mas também é muito interessante observar como os mecânicos fazem diagnóstico: – Meu carro está fazendo um barulho estranho… – Como é o barulho? – Quando eu vou ligar, faz tec, tec, tec… – Ah, é a bateria, certeza! Bem desse jeito aqui:   Um carro… e um diagnóstico difícil Pois comigo aconteceu algo parecido. Depois de um acidente, uma colisão lateral afetando a dianteira direita (sem nada grave comigo ou os Continue lendo

As 5 maiores dificuldades no raciocínio clínico diagnóstico

As 5 maiores dificuldades no raciocínio clínico diagnóstico

6 minutos    Um grande meio de progredir é identificar suas falhas e dificuldades e buscar meios para superá-las. Na Medicina também! E uma grande dificuldade, que observamos todos os dias nos alunos, está no raciocínio clínico. O que é meio óbvio, já que raciocínio clínico não é fácil. Exige estudo de doenças e síndromes, análise de casos clínicos, experiência real com pacientes e auxílio de professores médicos. São muitas informações para serem processadas ao mesmo tempo! Por isso, o apoio do médico Continue lendo