Desperdício. Montes e montes de exames complementares totalmente desnecessários são pedidos diariamente e nenhuma palavra descreve tão bem quanto desperdício. Seja de recurso, de tempo ou de preocupação para o paciente, é desperdício em muitos sentidos. 

Por pressão do sistema de saúde, de vieses ou do próprio paciente, muitos médicos praticam indiscriminadamente o overtesting. A crescente judicialização da medicina é outro fator importante! No entanto, um raciocínio clínico pouco eficiente é parte vital e contribuinte para esse fenômeno lamentável e que precisa ser repensado.

Além disso, é claro que esse fenômeno não é isento de riscos. Também há a questão do overdiagnosis e do overtreatment. Pedir exames complementares desnecessários pode fazer com que um paciente saudável seja rotulado (erroneamente) como portador de alguma doença, caso algum desses exames tenha um resultado anormal.

Quer saber como se isso te afeta e compreender melhor a realidade dos exames complementares desncessários? Não deixe de conferir gratuitamente o texto completo em nossa área restrita!